Boston Terrier


Conheça o Boston Terrier

O Boston Terrier é um simpático cão de companhia originário dos Estados Unidos.  Lá, ele é a 22ª raça mais registrada pela principal entidade cinófila local, o American Kennel Club. Por ser um cão compacto, bem humorado, divertido e brincalhão, este cãozinho conquista não só nos EUA, como em outras partes do mundo o coração de seu tutores. É um animal de fácil manejo, não exigindo diversas idas ao petshop, e extremamente adaptável ao ambiente em que vive, por isso, cada vez mais também ganha espaços nos lares brasileiros.

O Boston Terrier ideal

  • Orelhas pequenas e eretas, situadas o mais próximos possível dos cantos do crânio.
  • Olhos bem separados, grandes, redondos e de cor escura.
  • Mordedura em torquês ou prognata inferior em grau suficiente para conferir ao focinho a devida quadratura.
  • Nariz (trufa) completamente preto com narinas bem abertas.
  • Focinho curto e quadrado, em proporção com o restante da cabeça, sendo mais largo e profundo do que comprido. Não deve haver rugas na região.
  • Pelo curto, liso, brilhante e de textura fina.
  • Peso dividido em três classes: abaixo de 6,8 kg; até a 9 kg; de 09kg a 11,35 kg.
  • Cores: tigrado; cor de foca (preto com reflexo avermelhado quando exposto ao sol); preto, todas as cores com marcação em branco. Marcação exigida (válida para as três cores da raça): faixa branca ao redor do focinho, faixa branca entre os olhos, branco no antepeito. Marcações desejáveis: faixa branca sobre a cabeça, colar branco, anteriores e posteriores inteira ou parcialmente brancos, branco abaixo do jarrete.

Perfil Comportamental

Com a Família
Amigável com todos da casa, altamente atento ao tom de voz e comportamento dos membros da família. É um típico cão de família: Segue as pessoas pelos cômodos, pede carinho a elas, cutuca-as com o focinho e patas, gosta de colo. É altamente social, por isso, não se recomenda tê-lo isolado em canil ou do lado de fora da casa, sem acesso ao convívio doméstico. Bostons que vivem fora de casa tendem a serem infelizes e estressados.
Com Crianças
É tolerante e brincalhão. Também tem físico parrudo, o que colabora para que não sinta intimidado com o agito infantil. Pelo contrário: o Boston fica feliz de ser convocado para a farra. Caso, contudo, a brincadeira extrapole demais e o incomode, é mais provável que ele se afaste do local. Reagir de maneira hostil não é comportamento típico da raça.
Com outros Cães e Animais
São cães afáveis e sociáveis mesmo com outros cães, se na infância recebem o estímulo correto, convivem e relacionam se bem com outros, sejam eles grandes ou pequenos, machos ou fêmeas.
Comportamento e Companhia
O segredo para moldar Bostons bem-comportados e sociáveis é educa-los desde cedo, ser presente na vida deles e proporcionar exercício físico e entretenimento apropriados.
Grau de Atividade
A raça é cheia de vida, curiosa e inteligente, altamente capaz de assimilar comportamentos e causas e efeitos. Se adapta á rotina de seu lar perfeitamente. Em casas mais dinâmicas, como as que têm crianças ou pessoas que praticam esportes, o Boston Terrier assume essa realidade se tornando mais ativo. Já em lares sossegados, ou com idosos, ele aprende a se comportar de forma mais tranquila. Em todos os casos é importante reservar um período para que o cão gaste suas energias e se exercite, seja por meio de passeios ou brincadeiras. Apesar do focinho curto, que impõe a ele certa limitação na capacidade de respiratória, o Boston Terrier, se condicionado, se torna bom parceiro para caminhadas curtas e esportes caninos.

Cuidados

Banho
Com uma pelagem curta, o Boston não passa por mudanças intensas e tem pouco cheiro. Por isso, não há a necessidade de banhos frequentes. Com uma escovada semanal com luva de pinos de borracha, é possível manter sua pelagem mais bonita e livre de pelos mortos. Quanto á periodicidade ideal dos banhos, não há regra exata. Nós recomendamos que no máximo seja feito quinzenalmente, podendo ser realizado apenas um a cada 30 dias.
Cortar unhas
Boston Terriers quando devidamente exercitados costumam ter as unhas desgastadas naturalmente. Caso isso não ocorra, será preciso apará-las a cada 15 ou 20 dias. Quando compridas demais, atrapalham o andar, podem encravar e até ocasionar ferimentos nos olhos do cão quando ele se coça ou durante as brincadeiras.
Atividades
Esse cão precisa de atividade física para viver de forma equilibrada. Se morar em local espaçoso e tiver oportunidade de correr e brincar por conta própria, passeios diários podem ser dispensados. Do contrário, o indicado é, pelo menos, levá-lo para caminhar diariamente.
Cuidado com os olhos
Como os olhos do Bostons são grandes e relativamente proeminentes, o que os torna mais sujeitos a certas inflamações e infecções oculares, o ideal é inspecioná-los regularmente e limpá-los, no mínimo, toda semana para evitar acúmulo de secreção. A higienização deve ser efetuada com gaze embebida em soro fisiológico ou água filtrada, removendo sujeiras ou secreções.
Limpar os ouvidos
Embora o Boston Terrier não seja particularmente propenso a otites, limpeza regular dos ouvidos é indicada para retirada do excesso de cera. Não há periodicidade predeterminada para efetuá-la. O ideal é inspecionar a região auditiva toda semana e higienizá-la quando necessário.
Proteger do calor e do frio
Cães de focinho curto (braquicefálicos) têm certa dificuldade respiratória e, consequentemente, menor capacidade de resfriar a temperatura do corpo quando submetidos a excesso de calor ou exercício. Para evitar, portanto, que o Boston entre em hipertermia (aumento da temperatura do corpo com potencial de morte), ele deve ser poupado de longas jornadas de atividade física e da exposição a ambientes muito quentes. Passeios, apenas em horários frescos. No carro, em dias de calor, o uso do ar-condicionado é mais bem-vindo. E nada de deixar esse cão dentro de automóveis desligados, mesmo com vidros parcialmente abertos a temperatura no interior do veículo pode subir a ponto de matá-lo. O Boston precisa viver com acesso permanente á sombra e água fresca. A raça também requer atenção em tempo frio. Por ter baixo índice de gordura corporal, pelagem rala e ausência de subpêlo, esses cães são friorentos.
Conheça nossa Loja
Olá, em que posso te ajudar?
Powered by